InícioCulturaCubatão Sinfonia realiza apresentação de Natal ao ar livre neste sábado (16).

Cubatão Sinfonia realiza apresentação de Natal ao ar livre neste sábado (16).

Com participação de 150 alunos e da Orquestra Cubatão Sinfonia, atividade será na Avenida Principal, na Cota 200.

Mais um ano letivo de muita música e dança se encerra no Programa Cubatão Sinfonia e os alunos mostram tudo o que aprenderam em apresentação especial neste sábado (16), a partir das 19h. A atividade artística será na Avenida Principal da Cota 200, ao ar livre, em frente ao prédio que abriga o projeto, próximo ao nº 1.608.

“Escolhemos este espaço, na rua, para democratizar a apresentação. Assim, todos do bairro poderão acompanhar nosso espetáculo. É uma grande alegria pra nós compartilhar 15 anos de projeto com essa apresentação”, afirma Éder Crispim, um dos coordenadores do Programa Cubatão Sinfonia.

Pelo menos 150 estudantes de musicalização infantil, música e dança participam, todos integrantes do Núcleo Cota 200. “Temos um carinho especial por este núcleo, o primeiro do Programa. O projeto nasceu aqui, no coração da Serra do Mar, justamente para atender as crianças em situação de vulnerabilidade social no contraturno escolar. Estamos felizes em ver que a ideia cresceu e hoje temos outros 4 núcleos espalhados por diferentes bairros da cidade”, completa Éder.

Atualmente, o Cubatão Sinfonia na Escola leva atividades de música e dança quase 1.000 estudantes nos núcleos atendidos na Escola Estadual Parque dos Sonhos (Bolsão 9), Afonso Schmidt (Centro), UME Maria Albertina (CEU Marta Jose, no Centro) e Associação São Francisco de Assis (Vila Natal).

A programação desse sábado também conta com participação da Orquestra Cubatão Sinfonia, um braço do projeto que possui um viés profissionalizante. Com regência do maestro André Farias, os músicos apresentação repertório baseado em clássicos da música erudita, como Beethoven, Vivaldi e o brasileiro Tom Jobim, entre outros.

Realizado pela Associação de Músicos da Banda Sinfônica de Cubatão, o Programa Cubatão Sinfonia oferece aulas artísticas a crianças, adolescentes e jovens que vivem em áreas de vulnerabilidade social. Este ano, este sonho artístico-cultural é patrocinado pela CMOC, BEQUISA e UNIGEL por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura. O programa conta com apoio da Prefeitura de Cubatão via Secretarias de Cultura e Comunicação.

Cubatão Sinfonia, 15 anos de amor à Arte – Em 2023, o Programa Cubatão Sinfonia completa 15 anos de anos de atividades ininterruptas: desde 2007, o Programa recebeu mais de duas mil crianças e adolescentes, tirando-os da ociosidade no contra turno do colégio. Tantas histórias e tantos anos de ações socioculturais renderam vários prêmios ao Cubatão Sinfonia. Em 2012, foi semifinalista do Prêmio Itaú-Unicef, selecionado entre mais de 2.922 projetos de todo o País, o que lhe garantiu o selo da UNICEF que certifica a seriedade do projeto no atendimento à criança e ao adolescente.

Em 2020, mesmo com todas as dificuldades por conta da pandemia, o projeto foi contemplado com 1º lugar no Prêmio Comunidade em Ação, do Jornal A Tribuna, na categoria Ação Cultural e Entretenimento. O Prêmio reuniu iniciativas de toda a Baixada Santista. E no ano de 2022, o Cubatão Sinfonia também foi vencedor do Prêmio Comunidade em Ação, do Jornal A Tribuna, na categoria Voto Popular. Nesta expressiva vitória, o projeto recebeu 29 mil dos 31 mil votos computados.

Ao longo desta década e meia, a Prefeitura de Cubatão, via Secretarias de Cultura e Comunicação Social, desempenhou papel fundamental, apoiando a iniciativa desde o início. “É um projeto de formação que oferece atividades socioculturais em locais que necessitam desse olhar diferenciado. E é isso que o Cubatão Sinfonia tem feito ao longo desse tempo”, comenta Zeca Rodrigues, secretário de Cultura.

Os patrocinadores também foram alicerces que tornaram possível esse sonho artístico. Foi por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet) que o programa manteve as atividades alinhadas.

Foram atendidos cerca de 3.000 alunos em todos esses anos de atividades. Muitos chegaram a seguir a carreira artística, mas Leandro Sampaio, um dos coordenadores do Programa, destaca que o objetivo é ainda maior, o de formar cidadãos: “Sabemos do poder transformador da arte e usamos isso para mostrar um novo caminho a essas crianças e adolescentes. Estamos essencialmente presentes em áreas de vulnerabilidade social, oferecendo aulas de artes no contraturno escolar e apontando um caminho diferente, lúdico e positivo”, destaca Leandro Sampaio, outro coordenador do Programa.

Por: Secom Cubatão com informações do Programa Cubatão Sinfonia

 

Facebook Comments

Artigos relacionados

Mais lidos