InícioRegiãoAcesso ao Véu da noiva em Cubatão passa a ser pago.

Acesso ao Véu da noiva em Cubatão passa a ser pago.

Fique atento, visitantes e moradores locais agora precisam pagar para ter acesso ao parque ecológico Perequê, mais especificamente à trilha da cachoeira “Véu da noiva”.


Desde junho do ano passado, a Fundação Florestal assumiu a monitoria da trilha que leva a cachoeira, como o parque estava fechado por conta da pandemia, poucas pessoas sabiam desta informação, no inicio de janeiro muitas pessoas enviaram mensagens a nossa redação falando sobre o assunto. Procuramos autoridades do município que nos explicaram melhor como funciona a partir de agora o acesso ao parque. Entenda:

Município x Fundação.

O município agora é responsável até a parte da “bica” bem no inicio do parque, este local continua tendo acesso livre, sem pré agendamento ou pagamento de guia. IMPORTANTE, por conta de decreto municipal, este trecho esta com acesso fechado por conta da pandemia.


A Fundação Florestal por sua vez, agora é responsável pela trilha que leva a cachoeira Véu da noiva e acesso a outras cachoeiras acima dela, para acessar, agora é necessário fazer o agendamento no site da Fundação Florestal.

Topo da cachoeira Véu da Noiva. Foto: Felipe Lessa.

Trilhas Monitoradas

“Para percorrer os roteiros monitorados, é obrigatório fazer o agendamento com um monitor. Por isso, efetue a compra do ingresso somente quando já tiver contratado o monitor. A Fundação Florestal valoriza a população local credenciando moradores da região para a prestação de serviços de monitoria ambiental.”( Trecho extraído do site da fundação florestal).

Quanto custa um guia?

Levantamento feito pela nossa reportagem apurou que o guia custa em média R$45 por pessoa. Os guias credenciados pela AMAC (Associação de Monitores Ambientais de Cubatão e da Mata Atlântica) passaram por um treinamento de 8 meses com a Fundação Florestal e além de apresentar as belezas naturais aos visitantes ajudam a preservar o meio ambiente e impedem o acumulo de lixo pela trilha.

Turismo e geração de renda.

A trilha monitorada gera renda tanto aos guias credenciados, quanto aos moradores dos bairros periféricos da cidade a exemplo do ” Bar da Lú” que fica na Agua Fria e que constantemente recebe turistas que visitam o parque Itutinga Pilões. O Turismo ecológico tem forte potencial na cidade e parece que dessa vez será levado a sério, segundo o prefeito da cidade, Ademario de Oliveira, a secretaria de turismo do município trabalha forte para transformar a cidade em instancia balnearia, “titulo” que garantiria alguns milhões anuais de investimentos do governo do estado para desenvolver esta modalidade de turismo.

Mais segurança.

Umas das principais queixas de quem frequenta as trilhas da cidade, além da sujeira deixada, é a falta de segurança. Com as trilhas monitoradas este problema pelo menos até agora não existe, pois além do guias, a Fundação Florestal conta com guarda armada própria além do efetivo da policia ambiental. Com isso inibe ações de vandalismo e até mesmo roubo. Assim é possível estimar que cada vez mais as trilhas de Cubatão entrem no roteiro de famílias que procuram opções de lazer.

Maiores informações podem ser obtidas no site da Fundação Florestal ou nas redes sociais:

@amacubatao
@itutingapiloes_pesm
https://www.facebook.com/itutingapiloes.pesm

plugins premium WordPress
Sair da versão mobile