InícioEconomiaGás de cozinha pode chegar a R$200 estimam revendedores.

Gás de cozinha pode chegar a R$200 estimam revendedores.

Previsão é do presidente da associação de revendedores de gás liquefeito do petróleo (Asmirg), Alexandre Borjaili, ele estima que o gás vendido aos brasileiros pode chegar seguramente a R$ 150 e em caso extremo a R$ 200 ainda neste ano de 2021.Segundo ele, a politica de preços praticada pelo Petrobras é a principal responsável por esse possível aumento, ele lembra que no inicio de 2020 o ministro de minas e energia prometeu uma queda de até 50% no preço do botijão de gás, porem houve justamente o contrario, de lá pra cá o gás de cozinha aumentou pelo menos 5% a cada mês. Ele relembra também que Paulo Guedes, ministro da economia também prometeu queda no preço botijão do gás em 2019;

“Daqui a dois anos, o botijão vai chegar pela metade do preço na casa do trabalhador brasileiro. Vamos quebrar os monopólios e baixar o preço do gás e do petróleo”, disse o ministro do governo Bolsonaro.

Alexandre Borjaili, presidente da associação de revendedores de gás liquifeito do petroleo (Asmirg). Foto: reprodução.

“Nós vendemos em média 35 milhões de botijões de gás todo mês. O país tem 15 milhões das famílias no Bolsa Família que vivem com uma renda per capita de até R$ 87. Então, nem gás podem comprar”, diz Borjaili.

“Logo, esse aumento prejudica sobretudo a população mais vulnerável. Não é a classe A que precisa do gás de cozinha. Quem precisa é quem tem que fazer arroz, feijão, mingau todos os dias. É um desrespeito”, finaliza.

Facebook Comments

Artigos relacionados

Mais lidos